Blog

Bengala, andador ou muleta? Como escolher?

Durante o período de recuperação de pacientes com problemas de locomoção, é essencial utilizar produtos que ofereçam maior conforto e suporte nesses momentos difíceis. Atualmente, existem várias opções de andadores, muletas e bengalas que ajudam a manter a autonomia do idoso e a Hospitel, que fornece produtos para a saúde pode ajudar a escolher o que melhor se enquadra no seu caso.

Como cada tipo de lesão ou fratura exige um dispositivo auxiliar de marcha, pois cada um deles possui uma característica especial, é essencial saber escolher a melhor opção para o idoso manter a independência e a autoestima, que são fundamentais para uma recuperação mais rápida.
Produtos que auxiliam a locomoção, como bengalas, andadores e muletas, são indicados, normalmente, para os pacientes que apresentam problemas nos ossos e articulações, como fraturas e artrose. O motivo é simples e prático: eles fornecem maior liberdade de movimento e ajudam no equilíbrio do paciente. Conheça um pouco melhor as características de cada um deles.

Como escolher bengalas?

As bengalas são indicadas para melhorar o equilíbrio e ampliar a base de sustentação do paciente, mas devem ser usadas apenas em casos em que não há restrição de sustentação de peso corporal. Existem vários modelos diferentes produzidos com materiais variados (madeira e alumínio são os mais comuns) que se enquadram em cada necessidade específica.
Para não sobrecarregar os braços ou pernas que não estiverem precisando de auxílio, a bengala deve ser usada do lado oposto ao membro afetado. Dessa forma, ela compensa o problema de locomoção e faz com que o andar seja mais natural, evitando lesões nas articulações.

Como escolher andadores?

Os andadores servem para sustentar o peso de paciente de forma total ou parcial. Existem vários modelos (inclusive com rodas) que podem suprir as necessidades de cada paciente. O andador é considerado um dispositivo de mobilidade estável porque, em alguns casos, o uso da bengala pode não ser suficiente para suprir o desequilíbrio causado por uma lesão ou fratura. Nessas situações, ele é a indicação ideal porque é leve e diminui o peso aplicado na extremidade afetada.
Quando estiver usando o andador, o idoso deve caminhar de forma lenta e tomar cuidado com escadas e rampas mais íngremes.

Como escolher muletas?

As muletas são indicadas para uso temporário (no caso de tratamentos mais rápidos, por exemplo), pois proporcionam estabilidade na locomoção, principalmente em superfícies mais íngremes. Porém, nas situações em que o paciente apresenta problemas nas pernas ou na coluna, é recomendado procurar orientação médica para saber se o uso da muleta não vai agravar a situação.
Elas são perfeitas para dar estabilidade, principalmente na descida de escadas e rampas. Existem vários modelos, mas as muletas produzidas em alumínio, normalmente, são as preferidas por serem mais leves do que as de madeira. Assim, o paciente usa menos energia para se locomover.

Para evitar problemas maiores, sempre é importante procurar a orientação de um profissional médico. A Hospitel possui vários modelos de bengalas, andadores e muletas que podem suprir cada necessidade específica do paciente. Entre em contato conosco.

RECEBA
NOVIDADES

Quer receber nossas novidades em primeira mão?

Faça parte do nosso malling e receba dicas de qualidade de vida e conforto. Preencha seu nome e e-mail abaixo =)

CLIQUE AQUI